quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

A depravação total da humanidade.

A depravação total da humanidade:




A depravação total da humanidade é o primeiro dos cinco pontos do calvinismo, que lança luz sobre essa importante verdade espiritual contida na palavra de Deus. Apesar de o termo causar um pouco de medo e oposição por parte de alguns evangélicos (em especial os arminianos). Não pode ser negado e toda tentativa de fazê-lo, fere o princípio bíblico da soberania de Deus! Pois a bíblia nos mostra claramente que Deus está no controle de tudo ( Sl 96.10; 99.1-5; Dn 4.33-35; Mt 10.29-31).

Mas o que é a depravação total? Essa importante doutrina ensinada pelos reformadores, nos abre os olhos para uma importante verdade: Todos os homens são pecadores e totalmente depravados em cada parte de seu ser, isto é, seus pensamentos, emoções e vontades. Por esse motivo, ninguém pode fazer o bem diante do senhor, pode até fazer o bem diante dos homens e segundo o conceito da humanidade, mas não segundo a justiça e santidade de Deus. Aos olhos de Deus, nada do que fazemos pode mudar nossa realidade espiritual antes de estarmos em Cristo: mortos espiritualmente para Deus! (Ef 2.1). E como o ser humano sem Cristo esta morto para as coisas espirituais e para Deus, não pode compreender e muito menos buscar a santidade e comunhão com Deus (1Co 2.14). Com a vontade humana afetada pelo pecado, ninguém pode escolher ser salvo sem a ação do próprio Deus, isto é, sem a soberana graça de Deus. Portanto, com base nessa doutrina bíblica, não existe o livre arbítrio humano como muitos pensam e ensinam em suas igrejas! Pois o homem perdeu o livre arbítrio quando caiu no Édem! (Sl 51.5; 58.3; Pv. 20.9).

A doutrina da depravação total é ensinada em toda a palavra de Deus: (Gn 6.5,6; 8.21; Jó 14.4; Sl 51.5; 58.3; Pv 20.9; Ec 9.3; Jr 17.9; Mc 7.21-23; 15.5; Rm 3.10-18; 8.7,8; 1 Co 2.14; Ef 2.1-3; 4.17-19; 5.8; Cl 2.13; Tt 1.15).

Soli Deo Glória!

Pr. Igor de Moura Cogoy.

Nenhum comentário: