quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

quem é Jesus para você? (Parte 2)

Hoje em dia ao se passar em frente de uma igreja em dias de culto, não se sabe se ali ainda é uma igreja ou virou uma sinagoga judaica! E ao ouvir muitas das pregações evangélicas contemporâneas, não conseguimos identificar quem está pregando um pastor ou um rabino! Pois as igrejas evangélicas de hoje em dia estão cheias de cerimoniais e símbolos da religião hebraica, com seus púlpitos decorados com a bandeira de Israel e com muitos candelabros e etc. Com tamanha idolatria ao povo de Israel, o resultado não poderia ser outro, heresias e modismos!


O Jesus que é pregado em nossos dias é mais o menos assim:

• O Jesus empresário. Que não quer que seus filhos sejam pobres (Principalmente os pastores) que andem em carros velhos ou morem em casas humildes, pois afinal de contas Jesus andou de jumentinho zero não é verdade? Esse Jesus empresário não quer mais ouvir em construção de pequenos templos, pois melhor é construir uma catedral! Onde ELE pode capitalizar melhor e em maior quantidade as ofertas e os dízimos. Sempre se lembrando é claro dos seus queridos ministros, pois boa parte do que é capitalizado pode ser usado para adquirir um jatinho pastoral! Onde seu servo pode visitar com mais comodidade as muitas igrejas (ou seriam empresas) desse Deus capitaliza dor. O Jesus empresário, nunca deixa de fazer um bom negócio com seus discípulos, desde é claro que o dízimo seja triplicado! E que seu servo (o pastor) ganhe sua parte no negócio, nada mais justo você não acha? Afinal o pastor é o intermediário direto entre o Jesus empresário e os crentes barganhadores de nossos dias. Para o Jesus empresário, o que mais importa em sua igreja é a fé! ELE não parece estar muito preocupado com seus problemas espirituais e emocionais. Quando esses aparecem, é com certeza falta de fé ou possessão maligna, e aí meu irmão, aja sessão de descarrego! Esse Jesus empresário, nunca repreende sua igreja (tem medo de perder o cliente) por isso suas mensagens e profecias sempre são de caráter acolhedor e positivista. Pode o crente estar em adultério, desviado, sem vontade de orar e ler a bíblia, não importa suas profecias para a igreja sempre são as mesmas: “Vou derramar uma nova unção de prosperidade e multiplicação em sua vida!”.

• O Jesus esotérico. Que adora os números (digo numerologia), superstições e símbolos da religião hebraica! Esse Jesus promete verdadeiros milagres econômicos se prestarmos atenção em seus números proféticos (Que diga Os pastores Morris Cerulo e Silas Malafaia!). Mas as bênçãos desse Jesus esotérico não se referem apenas a milagres financeiros para a igreja, pois pelo menos esse se importa também com a salvação de almas (ou seria multiplicação de dizimistas). Enfim isso não vem ao caso aqui, o que realmente importa, é que o Jesus esotérico promete também um milagre de multiplicação da igreja, uma nova unção multiplicadora de discípulos! Basta acreditar em seu número (12) milagroso (ou seja, profético!). E como esse Jesus é esotérico supersticioso, não poderia deixar de abençoar a igreja com dons que só existe na cabeça dos que o servem (pois na bíblia é que não ta!) e na bíblia dos seus pastores. É tanto dom que esse Jesus libera! Dom de expulsar demônios, De levantamento de fundos financeiros, da Unção do dente de ouro, do paletó, de derrubar os crentes no chão e fazê-los dormir no culto! Sem falar da superstição das palavras(Algo que foge do contexto bíblico teológico), pois segundo esse Jesus esotérico e supersticioso por demais, as palavras proferidas pelos cristãos têm poder e conferem ao diabo ou a Deus o direito de executá-las na vida deles (é melhor então nem abrir a boca! Bem aventurados os mudos!) É por isso que os pastores devem fazer bastante atos proféticos na igreja, assim os crentes só pronunciam a benção e como esse Jesus é conduzido por palavras que saem da boca dos crentes, ta tudo resolvido! (inteligente isso não?) o problema é quando os crentes voltam pra casa! (cala-te boca).

• O Jesus que é incapaz de salvar completamente é o próximo da lista. ELE até que é bonzinho e realmente se importa com a humanidade! O problema é que ELE é incapaz de salvá-la! Seu sacrifício na cruz não foi o suficiente para libertar o homem das mãos de satanás, nem de garantir-lhe a completa absolvição dos pecados. Sendo necessária para uma salvação completa e real a interação da humanidade, que segundo o seu esforço e destreza em guardar dias (o Sábado), fazer cura interior, seção de regressão, terapias de vidas passadas, liberação de perdão (afinal, quem perdoa o homem ou Deus?) quebras de maldição do passado (do tempo que a pessoa não conhecia a Jesus) seus e dos seus parentes! (qualquer dia vão fazer batismos pelos mortos! Melhor eu não dar idéia!) Enfim, se o crente se dispuser a cumprir essa pequena lista de exigências para ir ao céu, esse Jesus promete te salvar, não é maravilhoso?

• O Jesus animador de auditório. Esse Jesus é interessante, pois seus cultos nunca caem na mesmice! Sempre tem alguém caindo endemoniado, alguém profetizando, alguém falando em línguas estranhas tão alto que não se consegue ouvir o que Deus esta falando através da mensagem da bíblia! Sem falar nos aviões e tratorzinhos ou trenzinhos que os crentes de maneira “espiritual” é claro, fazem pelos corredores da igreja. Esse Jesus não se preocupa muito com o ensino da igreja, seu negócio é o reteté e o rebuliço dos crentes. Para ELE estudar é coisa de crente frio e mundano, pois a letra mata (não sabe ELE que é a letra da lei!). Quando termina o culto, os crentes saem tão edificados com aquele barulho todo, que se alguém lhes perguntar qual foi à mensagem, não saberá responder! Também pudera, as pregações na casa desse Jesus quase sempre se resumem á leitura da palavra, apresentação (do pregador é claro!) e o resto é profecia, língua estranha e muito mistério! (até hoje nunca descobri o que realmente é esse jargão!).



Será que um desses é o Jesus que você tem seguido ao longo de sua caminhada Cristã? Se for, ainda a tempo de buscar o Jesus verdadeiro, que esta revelado na bíblia, e que não se importa com a nossa situação financeira (digo como posição perante ELE), POIS para ELE o que importa é a riqueza que acumulamos no céu, mediante os serviços que prestamos para ELE aqui em vida (Lc.16.19-31; Mt.6.19-21). E para que haja um perfeito amadurecimento e ganho em vivencia espiritual, permite que em certos momentos de nossa vida haja situações adversas ao nosso cotidiano, como por exemplo, a fome, o desemprego, a doença, a perseguição, a calúnia e a falta de compreensão por parte dos familiares e amigos (1CO. 4.6-20). Mas promete sempre estar junto de nós até que tudo esteja consumado (Mt. 28.20). Jesus não esta preocupado com o tamanho de sua casa, e sim com o tamanho do teu coração e da tua fé em segui-lo mesmo nas adversidades. O VERDADEIRO Jesus como é apresentado nas páginas do Novo Testamento, não esta preocupado com grandes catedrais, visto que ELE não habita em templos feitos pelos homens (At. 17.24), mas no interior daqueles que o temem (2CO. 6.16) seu desejo é o de habitar o coração de seus filhos(Ef. 3.17; Ap.3.20). Jesus também não esta interessado em números e não promete nenhuma unção específica a quem procura aplicá-los em sua vida e ministério. ELE apenas manda que a palavra seja pregada a tempo e fora de tempo (2 Tm. 4.1,2). Não sendo ELE um Deus supersticioso, e nem incapaz de salvar ao homem, mas perdoando-o de todos os pecados (Hb.10.17,18). Seja os do passado como os que confessamos a todo instante, pois é um Deus que tem prazer em perdoar seus filhos e trazê-los de volta a comunhão com ELE. Jesus também não esta interessado em entreter o auditório das igrejas, pois não é um Deus de espetáculos! Pelo contrário, o que ELE deseja é que na sua casa (a igreja) haja ordem e não confusão!(1CO. 14.26-39).

Agora que você já conhece os diversos cristos propagados pelas igrejas, e também conhece o que a bíblia revela sobre ELE, que tal tomar a escolha certa e servir a Jesus de verdade? Pense nisso!

Pr. Igor de Moura Cogoy

Nenhum comentário: