segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Continuação da história de Onésimo.
...Onésimo, de tanto imaginar uma vida melhor, resolveu ceder as tentações que lhe sobrevinham a mente e certo dia, ao voltar do seu serviço encontrou a oportunidade que tanto buscava e furtou um objeto de valor de seu senhor Filemom. Depois, vendo o tamanho da encrenca em que se metera e que provavelmente seria descoberto, pois não teria como escondê-lo! fugiu (Fm 11.18,19). Não ha como saber o que foi furtado por ele, a Bíblia não nos da nenhuma pista sobre isso, mas provavelmente era algo de valor, de muito valor, quem sabe algo que se poderia vender a fim de comprar a própria liberdade? ou como ele fugiu para bem longe, este objeto valioso poderia ao menos assegurar-lhe um futuro melhor. É justamente isso que satanás faz com o homem, ele fica lançando pensamentos de revolta em nossa mente, para que tomemos decisões precipitadas, que sempre nos prejudicam. Quando caímos nessa armadilha, então ele nos faz lembrar de como eramos felizes e não sabíamos! fica nos atormentando, pois sua intenção sempre foi e sempre sera nos jogar ao chão, na lama do pecado e no vale do desespero, Fico imaginando o pobre escravo Onésimo, que sonhara tanto em ser livre e agora constata que continua mais escravo ainda, na verdade em situação pior, pois agora era um escravo condenado, que teria de fugir para salvar a única coisa que lhe restara, a própria vida. 
Ao ler essa história e meditar no que esta escrito nessa carta de Paulo a Filemom, percebemos que se Onésimo furtou algo de valor, é porque ele era um escravo de confiança! Filemom deveria acreditar e depositar confiança nele, do contrário, não teria ele acesso ao objeto de valor que furtara de Filemom. Veja, como o diabo é sujo. E como ele é astuto, ele tirou de Onésimo tudo aquilo que ele possuía, seus sonhos, sua moral, sua estabilidade (pois se ele era um escravo de confiança deveria ser bem tratado) e por último e mais importante, ele estava tirando de Onésimo a própria vida! 
Uma vez que fosse constatado o furto, Onésimo só poderia ter um destino, a condenação! como poderia ele se escapar dela? Ninguém poderia lhe ajudar, ele agora estava sozinho, quem iria ajudar um escravo? Para onde iria Onésimo afim de se escapar? 
É incrível como a história de Onésimo se confunde com a história de todos nós, todos, sem exceção, antes de termos um encontro com Jesus, vivíamos nesse mundo como escravos fujões em busca de um porto seguro. Fugíamos de algo que queria nos condenar (A lei de Deus) e de alguém que nos acusava o tempo todo (o acusador, o diabo) que nos fazia lembrar de quão pecadores eramos e ainda somos. Como Onésimo queríamos apenas um lugar seguro (um bom emprego, paz, statos social e felicidade), mas  ao ouvirmos as sugestões do diabo, acabávamos numa situação pior do que a que estávamos. Então, pela graça e misericórdia de nosso bom Deus, nossa cabeça foi levantada e podemos enxergar a luz de Jesus e descobrimos algo muito mais sublime e seguro que nossos planos pessoais e nossos projetos. Encontramos Jesus Cristo "e livrasse todos que, pelo pavor da morte, estavam sujeitos a escravidão por toda a vida" (Hb 2.15). 
O fim dessa história, a Bíblia não nos revela, mas pelo que podemos entender na carta de Paulo a Filemom, Onésimo ao fugir acabou encontrando a Paulo, provavelmente quando este estava preso em Roma, e se tornou mais um convertido de Paulo. O próprio apóstolo intercede por ele na carta (v.19), pois entendia que deveria haver um concerto entre Filemom e Onésimo seu escravo, que agora também era seu irmão em Cristo. 
Essa história nos mostra o poder regenerador do Espírito Santo de Deus, que transforma o pecador em filho de Deus (Jo 1.12), não importando quem seja ele, seja rico ou pobre, alto ou baixo, seja culto ou inculto, nem o pecado que cometeu. 
Se Onésimo não tivesse esse encontro com Cristo, quão triste seria o seu fim, mas graças a decisão de aceitar a Cristo, teve sua vida restaurada e provavelmente pode voltar a sua posição de confiança diante de seu senhor Filemom. 
E você meu amigo, já tem a Jesus como senhor de sua vida? você já pensou nas consequências de morrer sem Cristo? Se você esta afastado dos caminhos do Senhor, volte logo, ele ama você e quer te conceder o perdão, mais, Deus quer ser seu amigo! volte enquanto é tempo. 
Em Cristo. 
Pr. Igor de Moura Cogoy  

Nenhum comentário: